Transtorno do humor bipolar é um distúrbio psiquiátrico complexo. Sua característica mais marcante é a alternância, às vezes súbita, de episódios de depressão com os de euforia (mania e hipomania) e de períodos assintomáticos entre eles. As crises podem variar de intensidade (leve, moderada e grave), frequência e duração.

Os sintomas variam conforme a fase em que a pessoa se encontra. Quando o indivíduo apresenta uma fase maníaca (eufórica) mostra: humor eufórico, distração, exaltação, gastos excessivos, irritabilidade, impaciência, intolerância (pavio curto), pensamento acelerado, aumento de energia e disposição, otimismo exagerado, aumento da autoestima, ideias grandiosas, redução do sono, falta do senso crítico, as vezes hipersexualidade.Em casos mais graves podem ocorrer: abuso de álcool e ou drogas, delírios e alucinações, desinibição exagerada, comportamentos inadequados e idéias de suicídio. Quando um indivíduo apresenta uma fase depressiva, mostra: sentimento de medo, tristeza, insegurança, desespero e vazio, isolamento social e familiar (esconde-se das pessoas, fica no quarto, não atende o telefone), apatia desmotivação, desânimo, cansaço mental, dificuldade de concentração, esquecimentos, aumento ou diminuição do sono, aumento ou diminuição do apetite, pessimismo, sentimentos e ideias de culpa e ruína, baixa autoestima, redução da libido. Em casos mais graves podem ocorrer: dores e problemas físicos como cefaléia, sintomas gastrintestinais, dores no corpo, pressão no peito e ideias e tentativas de suicídio, delírios e alucinações. O transtorno bipolar, tanto a fase maníaca quanto a depressiva, pode ser: leve, moderado e grave e a forma grave, tanto a maníaca quanto a depressiva, pode se apresentar sem sintomas psicóticos ou com sintomas psicóticos.

Procure um Médico Psiquiatra.

Dr. Vicente Gomes – Excelência em Psiquiatria.

FacebookWhatsAppFacebook MessengerGoogle+Twitter